Spinner Carregando...

notícias

11/08/2016

Mais economia na conta de energia

Para reduzir a conta mensal de energia elétrica, o complexo Rio Ave Corporate Center – formado por cinco torres de empresariais erguidas pela Rio Ave, na Ilha do Leite - adotou, há um ano, uma iniciativa que une tecnologia e sustentabilidade. Instalou 84 módulos fotovoltaicos (placas) no teto do empresarial Isaac Newton para captar e transformar a luz do Sol em energia elétrica. A intenção é abastecer e iluminar áreas comuns do empreendimento. Resultado: nesse período, foram produzidos 35.904 kWh dessa energia limpa, o que permitiu redução de 8,9% nas despesas com energia elétrica.

Fazendo comparação, esse montante daria para fornecer energia a mais de 500 populares em um mês, manter uma TV ligada por 10.397 dias e alimentar 276 computadores por 1 ano. Todo esse desempenho é feito pelo administrador do complexo, Valdeir Bezerra, que acompanha os resultados dos dados via aplicativo de celular. Os dados permitem fazer gráficos e comparativos de históricos e ainda auxiliar no planejamento, controle e tomada de decisões de eficiência energética ao complexo empresarial.

“Realizamos estudo detalhado de viabilidade financeira, avaliando despesas com lâmpadas, desempenho e horários em que o consumo de energia é caro e fizemos adequações no mapa de consumo do complexo”, adianta Valdeir Bezerra. Sem falar de outras medidas como instalação de sensores de presença em diversos pontos e substituição por lâmpadas LED no hall dos andares em pátios de estacionamento e escadas dos condomínios.

Nova planta

O resultado da experiência deu tão certo que a boa prática será expandida a partir deste mês também para o empresarial Alberto Einstein. A instalação começa na próxima segunda-feira (15/08). Esta nova planta de geração de energia fotovoltaica terá 120 placas solares e ocupará área de 240 m². Será uma das maiores plantas de geração de energia fotovoltaica em um empresarial, no Estado. O novo sistema produzirá até 4.380 kWh/mês e poderá diminuir em torno de 18% o valor da fatura mensal de energia elétrica.