Spinner Carregando...

notícias

14/10/2015

Prato x Personalidade

Que a sua alimentação pode dizer muito sobre você, não é novidade. Alimentos naturais e orgânicos, costumam ter relação com a qualidade da pele de uma pessoa, com o funcionamento intestinal e com a disposição para as tarefas cotidianas, só para citar alguns exemplos.

Por outro lado, comidas industrializadas e cheias de calorias vazias, que são aquelas quase sem nutrientes, mas ricas em gorduras e valores calóricos, têm seu consumo relacionado com doenças como a hipertensão e a diabetes. O que não estamos acostumados a ouvir, no entanto, é que a forma como comemos pode ter a ver com a nossa personalidade.

As características que você vai conhecer a seguir foram divulgadas pelo Huffington Post e, apesar da falta de comprovação científica, a relação entre forma de comer e personalidade parece ter algum fundamento psicológico. Quem explica isso melhor é Juliet Boghossian, expert em comportamento alimentar: “Hábitos relacionados com a alimentação podem, de fato, revelar facetas da personalidade e das tendências comportamentais de um indivíduo”.

A pedido do próprio Huffington Post, tanto Boghossian quanto Julia Homes, psicóloga especialista em comportamento alimentar, listaram algumas características de personalidade que podem estar relacionadas com a forma como comemos. Descubra a seguir quais características são essas e depois nos diga se você se identifica com um destes padrões:

1 – Quem come devagar

Imagine um almoço de família com aproximadamente dez pessoas. Tem sempre alguém que, enquanto uns já estão devorando a sobremesa, ainda não mandou para dentro metade do que havia no prato, o que não significa que essa pessoa está comendo uma grande quantidade – significa apenas que come devagar mesmo.

Esse indivíduo que não tem pressa de devorar o almoço é o tipo de pessoa que aprecia a refeição, que gosta de estar no controle das situações e que sabe como apreciar a vida. Ainda citando os aspectos positivos, quem come devagar costuma ser mais confiante também.

Por outro lado, algumas pessoas comem devagar porque se sentem sem energia ou, ainda, porque estão tristes. Conforme reforça Homes, a verdade é que o nosso estado de humor é um fator que afeta significativamente a forma como comemos. Nesse segundo grupo estão, portanto, as pessoas que comem devagar ocasionalmente.

Com relação à saúde, sabe-se que quem come devagar tem uma diminuição da ingestão de calorias (ótimo para quem quer perder peso), fica saciado com mais facilidade e costuma gostar mais daquilo que come.

2 – Quem come rápido

Ao contrário do item anterior, algumas pessoas simplesmente devoram o que chega até elas em uma velocidade impressionante. Não raramente quem come rápido acaba engolindo o alimento antes mesmo de ele estar devidamente mastigado.

Da mesma forma que costumam comer rapidamente, são indivíduos rápidos em outras áreas, e tendem a terminar tarefas antes do prazo final. De acordo com as especialistas, são pessoas capazes de realizar várias tarefas ao mesmo tempo, têm uma noção saudável de competição e pensam de maneira mais rápida também. Quando o assunto envolve relacionamentos interpessoais, conseguem colocar as necessidades dos outros acima das próprias prioridades.

O lado negativo desse tipo de personalidade é o fato de que, ao que tudo indica, quem come rápido demais nem sempre tem tempo para si mesmo. O ideal para essas pessoas é tentar desacelerar um pouco o ritmo das coisas e, claro, aprender a mastigar melhor, para facilitar a digestão.

3 – Quem organiza a comida no prato

Algumas pessoas evitam comer beterraba porque esse alimento “suja” o arroz. Essas pessoas gostam de organizar a distribuição dos alimentos no prato e possivelmente se dariam muito bem se fossem chefs de cozinha e precisassem fazer pratos elaborados e bem decorados.

Fora da hora de almoço, são pessoas organizadas e metódicas, que fazem de tudo para evitar conflitos e bagunça. No ambiente de trabalho, são profissionais cujas habilidades de organização rendem bons elogios. Em casa, acabam ficando com a maioria dos afazeres domésticos e, se precisam dividir tarefas entre várias pessoas, conseguem fazer isso com maestria.

O alerta aqui é no sentido de que essa mania de organização pode virar uma compulsão, o que é um grande fator de stress. Ser flexível é sempre um bom negócio.

4 – Quem vê a comida como uma experiência gastronômica

Essa pessoa não apenas é viciada em MasterChef como costuma enxergar um prato à sua frente como uma verdadeira aventura pelo universo da gastronomia. Está sempre à procura de novos sabores, de novas combinações culinárias e de novas aventuras. Adivinha só? Isso se estende às outras áreas da sua vida.

São pessoas que não têm medo de novos desafios – pelo contrário: ficam felizes quando eles chegam. Têm ânimo para tudo e não fazem careta diante de um prato de grilos torrados ou quando descobrem que o itinerário de viagem vai ter que ser alterado.

O conselho aqui é tentar entender que nem todo mundo aceita se arriscar com tanta frequência e sem medo. Bancar o chato que só fala de comida ou o aventureiro que quer convencer o povo do escritório a escalar o Everest pode comprometer a vida social desses indivíduos. Uma pitada de bom senso sempre cai bem.

5 – Quem escolhe muito bem aquilo que come

É aquela pessoa que, quando almoça na casa de alguém diferente, já pergunta se tem alho no arroz, abobrinha no caldo de legumes e folhas de louro no feijão. Se vê um pedacinho de cebola, faz questão de tirar os vestígios da pobre coitada e deixá-los do ladinho do prato, junto de outras migalhas de salsinha, cebolinha e temperos em geral.

Já ouviu falar em pessoas de paladar infantil? Pois bem. É neste tópico que elas se encaixam. Preferem comer o bom e velho feijão com arroz de sempre a experimentar um risoto diferente. De acordo com as especialistas, há uma grande chance de que essas pessoas sejam cheias de restrições em outros aspectos de sua vida também.

Pesquisas feitas com quem simplesmente não conseguem experimentar alimentos diferentes já mostraram que isso tem relação com traços de personalidade de pessoas ansiosas e com tendências ao neuroticismo.

6 – Quem come item por item

Um dos comportamentos mais raros relacionados às refeições é, certamente, o das pessoas que colocam vários elementos em seus pratos, mas comem um de cada vez. E não estamos falando de quem come a salada primeiro, por exemplo, mas de quem come item por item separadamente e só passa para o outro item depois de ter terminado o primeiro.

Ao que tudo indica, essa pessoa é extremamente bem-organizada e orientada em relação a seus objetivos, sempre pensando muito antes de dizer alguma coisa ou tomar alguma decisão importante. Para as especialistas, esse indivíduo costuma fazer as tarefas que precisam ser feitas de maneira eficiente e organizada. Não é do tipo que deixa coisas inacabadas e só começa a fazer outra atividade depois de terminar a que estava fazendo antes.

Fonte: www.megacurioso.com.br