Spinner Carregando...

notícias

23/10/2014

SUSTENTABILIDADE: Construtora Rio Ave, um exemplo de investimento sustentável

  • Foto: Empresarial Charles Darwin da Construtora Rio Ave / Divulgação.

Com ambições de expandir a participação da energia solar em sua matriz energética, o Brasil tornou-se o 9º país mais atraente para receber investimentos em fontes renováveis, segundo estudo da Ernst & Young (EY). Atualizado trimestralmente, o Renewable Energy Country Attractiveness Index (RECAI) avalia as barreiras e oportunidades para os investidores externos acessarem o mercado de fontes limpas em 40 países. Esses órgãos respeitados de pesquisa são referência e indicadores de que as torres do Rio Ave Corporate estão no caminho certo.

A Rio Ave sempre se preocupou com a questão da sustentabilidade que é uma tendência dos grandes empresariais e consequentemente das construções ao redor do mundo. Uma dessas preocupações se reflete atualmente na elaboração de tetos verdes, uma postura inovadora da construtora que há 45 anos atua no mercado pernambucano. Os Tetos verdes consistem em uma vegetação mais rasteira, com sistema de irrigação e de fácil manutenção, para amenizar a temperatura térmica, criar um paisagismo e ainda aproveitar a água da chuva.

Essa iniciativa pretende ser aplicada em: marquises das lojas e nas coberturas do Edifício garagem do Empresarial Charles Darwin, na ilha do Leite. Numa área equivalente a 2,5 mil metros quadrados, o teto jardim dessa torre será um dos maiores do Brasil e conseguirá armazenar mais 75 mil litros de água e captar 11 toneladas de CO2 ao ano. Além desse projeto, a construtora investe ainda em diversas outras iniciativas como sistemas de controle e uso de água e energia, aproveitamento da iluminação natural, coleta seletiva, reaproveitamento e destinação de resíduos.

Outra iniciativa verde é no Boa Viagem Corporate. O edifício garagem adotará fachadas verdes como fechamento. Envolve o plantio de espécies em jardineiras na periferia da edificação, favorecendo a ventilação e iluminação naturais. Além de contribuir na redução da temperatura e no incremento visual da paisagem. “O principal ganho é na consciência e responsabilidade socioambiental da empresa para com a sociedade. Temos que otimizar o aproveitamento dos recursos naturais disponíveis. Precisamos oferecer um melhor ambiente”, afirma Fabian Bezerra, Gerente de Projetos da Rio Ave.